HOME
BLOG
CULINÁRIA
NOTÍCIAS
SHOP
VÍDEOS
NOTÍCIAS: / Brasil / Celebridades / Economia / Esporte / Mundo / Política / Tecnologia

Chefe do tráfico tinha imóvel avaliado em R$ 3 milhões em Maceió, diz PF



A casa sequestrada durante a operação Última Estação, em Alagoas, foi avaliada em R$ 3 milhões, segundo a Polícia Federal (PF).

O objetivo da ação foi coibir crimes de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas praticado pelo chefe da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM), identificado como Marreno, morto em agosto deste ano.

Além da casa em Maceió, carro, joias, dinheiro (em contas bancárias e espécie) foram encontrados em endereços do traficante. Ao todo, cinco mandados de busca e apreensão, além de mandados de sequestro de bens e bloqueio de valores em contas bancárias foram cumpridos.


Segundo a PF, ele utilizava um documento falso para lavar dinheiro adquirido com a venda de drogas da facção criminosa que chefiava. Na capital, foram encontrados R$ 1 mil, além do imóvel, carro e joias. Na Bahia, contas bancárias foram abertas em nome dele nos municípios baianos de Eunápolis e Porto Seguro.


Super Oferta

HashFlare