HOME
BLOG
CULINÁRIA
NOTÍCIAS
SHOP
VÍDEOS
NOTÍCIAS: / Brasil / Celebridades / Economia / Esporte / Mundo / Política / Tecnologia

Briga entre policiais civis deixa quatro feridos após show do Green Day, em Curitiba



Quatro pessoas ficaram feridas, entre elas duas mulheres, em uma confusão envolvendo policiais civis na saída do show da banda Green Day, na noite de domingo (5) no bairro Pilarzinho, em Curitiba.



O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) foi chamado por volta das 22 horas, quando um tiro foi disparado na Rua Amauri Lange Silvério, próximo à rotatória da Rua São Salvador, na região da Pedreira Paulo Leminski.


Era uma briga de policiais civis. Três agentes se envolveram na confusão. Dois deles, que estariam alcoolizados, saíram do show e teriam agredido o irmão de um supervisor do Instituto Médico Legal (IML), da Polícia Científica. O rapaz, irmão do supervisor, estava cuidando de carros em frente à residência da família. Os dois agentes, que estão lotados na Escola Superior da Polícia Civil, saíram do show e disseram que não pagariam o preço cobrado pelo cuidador.

Depois de uma discussão, em que o cuidador teria sido agredido, os dois agentes invadiram a casa dele. O supervisor da Polícia Científica, irmão do rapaz que cuidava dos carros, disparou um tiro para o alto para conter a confusão. Ele tomou a arma e a carteira funcional de um dos agentes.


Em meio à briga, dentro da casa da família, a esposa e a mãe do supervisor ficaram feridas. A esposa teve o braço quebrado. Com a chegada do Cope, todos foram encaminhados à delegacia e devem prestar novo depoimento nesta segunda-feira (6). O Siate foi chamado para atender os feridos.

Testemunhas relataram que os dois agentes da Escola Superior da Polícia Civil, visivelmente alcoolizados, já haviam saído sem pagar de um local que vendia bebidas nos arredores da Pedreira.

Corregedoria

A assessoria da Polícia Civil informou por meio de nota que o caso será apurado pela Corregedoria Geral e enfatiza que qualquer ato em desconformidade com as regras de conduta contidas nas leis e no estatuto será rigorosamente investigado. A reportagem não conseguiu contato com os policiais da Escola Superior da Polícia Civil.


Super Oferta

HashFlare