HOME
BLOG
CULINÁRIA
NOTÍCIAS
SHOP
VÍDEOS
NOTÍCIAS: / Brasil / Celebridades / Economia / Esporte / Mundo / Política / Tecnologia

Sete ministros que vão disputar eleição só querem sair em abril



Apesar da expectativa de uma substituição gradual de ministros que vão se candidatar nas próximas eleições, pelo menos metade deles quer ficar em seus cargos de primeiro escalão até a data-limite, 7 de abril.



Dos 14 ministros que estudam participar da disputa deste ano, 7 prometem ficar em suas pastas até essa data. Três deles dizem que ainda não definiram quando deixarão seus cargos e dois afirmam que não decidiram se vão se candidatar. Os outros dois não responderam.

O presidente Michel Temer passou a trabalhar com a possibilidade de antecipar as trocas do primeiro escalão depois que dois ministros pediram demissão em uma semana: Ronaldo Nogueira (Trabalho) e Marcos Pereira (Indústria e Comércio Exterior).

Disseram que deixarão o cargo em abril os ministros Leonardo Picciani (Esporte), Osmar Terra (Desenvolvimento Social), Marx Beltrão (Turismo), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia), Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Ricardo Barros (Saúde) e Blairo Maggi (Agricultura).

Veja Também
Fórum Econômico Mundial: Davos terá presença de um presidente brasileiro após 4 anos
Dilma Rousseff traiu quem a elegeu em 2014, diz Lula a jornal espanhol
Sem Lula no páreo, Bolsonaro lidera intenções de votos para 2018
AGU recorre ao TRF2 para garantir posse de Cristiane Brasil como ministra
Acordo de CNH única entre Brasil e Itália começa a valer neste sábado, dia 13


Super Oferta

HashFlare